domingo, 11 de setembro de 2011

Colégio Campos Salles no Zoo de São Paulo


 
video

Nós do colégio Campos Salles visitamos o Zoológico de São Paulo no dia 19 de agosto de 2011, foi uma experiência muito boa, na qual adquirimos um melhor conhecimento tanto sobre a fauna brasileira como a de outros países. Em nosso blog, você vai encontrar curiosidades, uma pesquisa sobre répteis, a história do Zoológico de SP, além de mapas e fotos de nosso passeio.


GRUPO: Brenda, Ariane, Débora, Felipe, Fellipe Z e Mariana (3H)


 

INFORMAÇÕES ÚTEIS
ZOOLÓGICO
Avenida Miguel Stéfano, 4241 - Água Funda - São Paulo - SP - CEP: 04301-905
Fone: (11) 5073-0811  / Fax: (11) 5058-0564
Horário de Funcionamento- 9:00 às 17:00 horas - de terça a domingo - fechamento da bilheteria: 16:00h
*Abre as Segundas-feiras somente quando for feriado ou véspera de feriado

Fotos e Vídeos do Grupo!


WE LOVE YOU KIKI!

video 

OPS.

video




Em busca dos répteis..

video

video

:)







A importância da conservação dos ecossistemas para a sobrevivência dos animais



Ecossistema é o conjunto de seres vivos e do meio ambiente em que eles vivem, e todas as interações desses organismos com o meio e entre si. São exemplos de ecossistema uma floresta, um rio, um lago ou um jardim.
 
Nos ecossistemas encontramos muitas espécies animais e vegetais inclusive o ser humano. Eles são importantes para a nossa vida e de toda a população, pois é desse ambiente que obtemos o oxigênio que respiramos a água que bebemos e o alimento que necessitamos, enfim tudo o que precisamos para sobreviver. Por isso é tão importante à sua conservação.  
Porém às vezes o homem inconscientemente acaba destruindo os ecossistemas, desmatando e fazendo queimadas desabrigando varias espécies animais e destroem as plantas, os rios estão contaminados com lixo e esgotos, suas margens estão ficando cada vez mais degradadas e os peixes acabam morrendo por intoxicação.
Temos a necessidade de preservar os ecossistemas, pois nele existem algumas espécies endêmicas que poderão entrar em extinção causando um desequilíbrio na cadeia alimentar.
 
Com ações simples em nosso dia a dia estaremos contribuindo para a preservação destes locais, como: plantar e preservar as árvores não desmatar e queimar, proteger os animais, jogar lixo no lixo, não nas ruas e rios.  


É DEVER DE TODOS CONTRIBUIR NA PRESERVAÇÃO DOS ECOSSISTEMAS!

  
  
  








  


Visita Noturna

O “Passeio Noturno” é a uma atividade oferecida pela Fundação Parque Zoológico de São Paulo, onde os participantes podem ver, ouvir e sentir os mistérios da vida noturna do Zoológico e da Mata Atlântica!

Esse Passeio, que acontece desde 2003, dá aos visitantes a oportunidade de observar e conhecer melhor várias espécies de animais de hábitos crepusculares e noturnos, que muitas vezes encontram-se menos ativas durante o dia, já que na natureza realizam suas principais atividades à noite. Além disso, alguns animais da fauna nativa como gambás, corujas e morcegos também podem ser avistados passeando livremente pelo Parque.
O Passeio ainda conta com outras atrações: uma apresentação do Programa Rapinantes, onde os visitantes poderão ver e conhecer um pouco mais sobre as características desses animais e sobre a importância desse treinamento para a Educação Ambiental e uma apresentação do Setor de Répteis em que um técnico irá mostrar alguns animais dessa classe e falar sobre as curiosidades, mitos e lendas que os cercam, permitindo aos participantes até tocarem em uma serpente, sempre monitorados pelo pessoal do Zoológico.

Durante o percurso no Parque será possível ver bem de perto os hipopótamos sendo alimentados pelos monitores, tamanduás-bandeira, onças, leões, tigres, lobos e a mais nova atração do zôo, um casal de “tigres-brancos”, todos eles em plena atividade, interagindo com os enriquecimentos montados pela equipe do “Programa de Enriquecimento Comportamental Animal”, que tem como objetivo estimular os animais cativos a desenvolverem comportamentos mais naturais e explorarem melhor os seus recintos, tornando o Passeio ainda mais interessante.
Uma atração à parte são os animais de hábitos diurnos, como girafas e macacos que, curiosamente, saem de suas casas para observar o que está acontecendo.
É um passeio inesquecível! Uma experiência única, educativa, diferente e emocionante!

O custo a partir de 01/09/2009 é de R$ 75,00 por pessoa. Crianças de 5 a 10 anos pagam R$ 55,00. O pagamento se dá por meio de depósito em conta-corrente da Fundação. Também está incluso o estacionamento e um lanche no final do passeio, que tem início às 19 horas e duração aproximada de 3 horas.
O Passeio ocorre quinzenalmente às sextas-feiras, em datas pré-estabelecidas. Para participar, faça o agendamento através do telefone 5073-0811, ramais 2119 ou 2141. Podem ser também agendados grupos em inglês.

História do Zoológico

Localizado em uma área de 824.529 m2 de Mata Atlântica original, o Parque aloja nascentes do histórico riacho do Ypiranga, cujas águas formam um lago que acolhe exemplares de aves de várias espécies, além de aves migratórias. Assim como o lago, a mata abriga animais nativoa de vida livre, formando maravilhosa fauna paralela.



Através da exibição de mais de 3.200 animais, representando 102 espécies de mamíferos, 216 espécies de aves, 95 espécies de  répteis, 15 espécies de anfíbios e 16 espécies de invertebrados, em recintos e terrários amplos e semelhantes ao habitat natural o Zôo de São Paulo foi criado em junho de 1957, à partir de uma instrução do Sr. Governador Jânio Quadros.
Os primeiros animais exóticos como: leões, camelos, ursos e elefantes foram adquiridos de um pequeno circo particular e os animais brasileiros como onças e galos da serra, foram adquiridos em Manaus.
Apesar do clima chuvoso, muitas pessoas participaram da inauguração do Parque e puderam ver pela primeira vez na cidade de São Paulo, 482 animais.





À partir da criação da Fundação Parque Zoológico de São Paulo, em 1959, os ingressos passaram a ser cobrados. A Fundação obteve personalidade jurídica e autonomia administrativa, financeira e científica.
Nesta data, foram definidos os objetivos da Fundação Parque Zoológico de São Paulo:

-Manter uma população de animais vivos de todas as faunas, para educação e recreação do público, bem como para pesquisas biológicas;
-Instalar em sua área de abrangência uma Estação Biológica, para investigações de fauna da região e pesquisas correlatas;
-Proporcionar facilidades para o trabalho de pesquisadores nacionais e estrangeiros no domínio da Zoologia, no seu sentido mais amplo, por meio de acordos, contratos ou bolsas de estudo.

Consciente de sua responsabilidade no contexto conservacionista nacional, o Zôo de São Paulo tornou-se a primeira instituição brasileira a propor e participar efetiva e decididamente em múltiplos programas de recuperação de espécies brasileiras criticamente ameaçadas de desaparecimento, tais como os micos-leão, os pequenos felídeos neotropicais , araras de leari e ararinhas azuis.



Cobra Real Californiana


foto tirada pelo grupo

Imagem da internet


Nome da Espécie: Cobra Real Californiana

Nome Popular: Cobra falsa coral

Nome Científico: Lampropeltis triangulum

Distribuição: América do Norte

Família: Colubridae

Tamanho: de 90 a 120 cm

Cores: vermelha com anéis pretos e amarelos

Tempo de Vida: até 20 anos

Jacaré Coroa

foto tirada pelo grupo


imagem da internet

Distribuição Geográfica: América do Sul
Hábitos: Gosta de água doce. Habita rios com vegetação marginal, córregos e floretas alagadas ao redor de grandes lagos.
Alimentação: A dieta da espécie é conhecida por ser dependente do habitat onde o jacaré vive. Indivíduos jovens alimentam-se principalmente de invertebrados (crustáceos, coleópteros), enquanto os adultos alimentam-se de uma grande proporção de peixes em adição a uma variedade de caranguejos, moluscos e camarões, além de invertebrados terrestres.
Reprodução: Os dados são escassos sobre a biologia reprodutiva dessa espécie. Tem hábito solitário e independente, entretanto, podem ser vistos aos pares, provavelmente na época da reprodução.
Filo: Cordado

Sub-filo: Vertebrado

Super-Classe: Tetrápodo

Classe: Reptilia